Sustentabilidade

Responsabilidade Social

A SC Johnson é responsável por marcos na história das corporações em todo o mundo. Foi, por exemplo, uma das primeiras a oferecer férias remuneradas aos empregados, antes mesmo de existir legislação específica sobre essa questão.

Além disso, a SC Johnson também foi pioneira no estabelecimento da jornada de trabalho de 40 horas semanais em 1926 e a oferecer um plano de pensão a funcionários e dependentes em 1934, plena época pós-depressão americana.

Em linha com os princípios de uma companhia familiar, outras ações também fazem da SC Johnson uma organização socialmente responsável em diversos aspectos, como meio-ambiente, relacionamento com a comunidade, saúde e segurança de seus consumidores, dentre outros.

No Brasil, a política de Responsabilidade Social da SC Johnson foi adotada desde que chegou aqui. Ao longo dos anos, foi conseguindo parceiros que puderam viabilizar suas ações para contribuir com outras instituições de caráter filantrópico e social.

Conheça outras atitudes que fizeram e fazem parte da política de Responsabilidade Social da Companhia, em todo o mundo e no Brasil.

SC Johnson GLOBAL

Em 1955, torna-se a primeira a utilizar água como base para seus aerossóis, reduzindo o impacto sobre o meio ambiente;

Em 1975, exclui de seus produtos o CFC, três anos antes de a substância ser proibida nos Estados Unidos;

Desde 1990, seus produtos deixaram de produzir no planeta cerca de 208 milhões de toneladas de resíduos pelo uso de embalagens recicláveis;

Foi eleita, nos EUA, uma das 10 Companhias mais comprometidas com o meio ambiente, pelo site CNN Money.com e pela revista Fortune.

Conta com o Greenlist Process, um sistema de classificação que avalia o impacto de todos os materiais utilizados no meio ambiente e na saúde das pessoas. Com ele, foram eliminados cerca de 810 toneladas de compostos orgânicos temporários (VOCs) e cerca de 1.800 toneladas de PVDC, ambas substâncias poluentes. Além disso, a Companhia não cobra royalties para que outras empresas utilizem as informações do Greenlist Process;

Tem em sua estrutura o GSARA - Global Safety Assessment & Regulatory Affair, cuja visão é ter produtos seguros no âmbito mundial e a missão é a rápida comercialização de produtos seguros para o uso do consumidor, que atendam aos diversos requerimentos regulatórios globais e locais e que sejam cada vez menos nocivos às pessoas e ao meio ambiente.

SC Johnson BRASIL

A política de Responsabilidade Social da SC Johnson foi adotada no Brasil desde a chegada da Companhia. Em Fortaleza, em 1963, por exemplo, H.F. Johnson Jr. fundou a Escola Johnson, que foi posteriormente doada ao Estado do Ceará. Até hoje a SC Johnson mantém parceria com a escola através de doações de recursos financeiros para melhorias de suas dependências, bem como no custeio do profissional do ambulatório odontológico.

Ações de responsabilidade social no Brasil
- Desde 1990, a Johnson é a única organização no Brasil que não utiliza o paradiclorobenzeno em blocos sanitários. Seguindo o padrão global de qualidade, esta ação pioneira foi tomada em decorrência da suspeita, já naquela época, de que tal substância fosse um componente cancerígeno, podendo acarretar problemas de saúde tanto nos consumidores, quanto nos funcionários, que manipulavam a substância na fábrica;

- Doação, em 1998, de 18.000 acres de caatinga à fundação americana de proteção ambiental “The Nature Conservancy”, contribuindo para a criação da ONG Associação Caatinga, uma instituição que promove a conservação da natureza e o desenvolvimento local sustentável, e a Reserva Natural de Serra das Almas, uma reserva ambiental fundamental para a preservação de diversas espécies do ecossistema da caatinga;

- Doação do terreno da Fazenda Raposa, um centro de pesquisa, cultivo e extração da carnaúba e outras árvores ceríferas construído por H.F. Johnson Jr., para a Universidade do Ceará;

- Promoção de arrecadação de bens e doações dos funcionários que são entregues a diversas instituições de caráter social, indicadas pelos parceiros da Companhia em seu Programa de Responsabilidade Social, como: Associação Betânia, Solar Meninos da Luz, Ballet de Santa Tereza, Papel Pinel, Retribuir, Refazer, Amparo Thereza Cristina, Mundo Novo, dentre outros.